História da Cidade

HISTÓRIA DA CIDADE DE FRANCISCO MORATO

 

Em 1965 nascia a cidade de Francisco Morato. Com aspecto de típica cidade do interior, com casas simples, ruas de terra, freqüentadas por charretes e carroças; com geografia acidentada, cheia de morros e desníveis e com uma pequena população. Ainda se dependia do Município de Franco da Rocha, mas a cidade cresceu. Ao compararmos a outros tempos a cidade em que vivemos hoje, podemos notar que houve um desenvolvimento expressivo, tanto em sua população, quanto em sua extensão territorial.

O nome da cidade se deve a FRANCISCO ANTÔNIO DE ALMEIDA MORATO, paulista nascido em 17 de outubro de 1868, na cidade de Piracicaba. A sugestão foi dada pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, onde o professor Francisco Morato havia lecionado.

A recomendação foi acolhida pela Câmara Municipal de Franco da Rocha e o distrito de Francisco Morato emancipou-se político administrativamente no dia 21 de março de 1965. Depois de um plebiscito realizado no distrito e aprovado pela Assembléia Legislativa do Estado.

Tudo começou com um pequeno lugarejo incrustado ma Serra de Botujuru, denominado como Vila Belém. O local era sede da Companhia Fazenda Belém, empresa associada da The São Paulo Railway CO, empreendimento formado em 1858 por capitais britânicos e brasileiros que tinha o objetivo de construir uma ferrovia entre as cidades de Santos e Jundiaí. A mesma ferrovia que trouxe os primeiros moradores, possibilitou que a pequena estação de abastecimento se transformasse em uma grande cidade.

De Belém a Francisco Morato.